AASP
Bioética e Biodireito - O dever de viver e morrer com dignidade
Ministrado pelo Osvaldo Pires G. Simonelli, curso em por objetivo levar aos operadores do Direito, profissionais de saúde e outros interessados
Da Redação - 05/09/2014 - 18h58

Na próxima quinta-feira (11/9), a AASP (Associação dos Advogados de São Paulo) promoverá o curso “Direito médico e da saúde: Bioética e Biodireito. O dever de viver e morrer com dignidade”. O evento acontecerá, às 19 horas, em sua sede (Rua Álvares Penteado, 151 - Centro)

O curso, que será ministrado pelo professor Osvaldo Pires G. Simonelli e tem por objetivo levar aos operadores do Direito, profissionais de saúde e demais interessados no tema, pontos importantes e polêmicos sobre a dignidade da vida e da sua terminalidade.

Segundo Simonelli os tribunais superiores sempre têm grandes debates envolvendo Bioética e Biodireito, como por exemplo a anencefalia, o aborto, temas envolvendo reprodução assistida e, mais recentemente, o julgamento do HC 268459/SP, pelo STJ, que decidiu sobre a transfusão de sangue em paciente que professa a religião “Testemunha de Jeová”.

Conforme o professor, os advogados que militam em hospitais e clínicas, médicos e demais profissionais de saúde devem estar mais atentos às normas legais e infralegais que regem tais situações, principalmente quanto ao Código de Ética Médica. “Situações de terminalidade da vida em hospitais e clínicas são bastante comuns, e os profissionais do Direito devem estar preparados para lidar com esses novos conceitos, incluindo-se nesta discussão também o chamado “testamento vital” ou “diretivas antecipadas de vontade”, em que o paciente, ainda saudável e comunicável, decide como seu tratamento deverá ser conduzido quando não mais puder fazê-lo conscientemente”.

Mais informações pelo telefone (11) 3291-9200 ou aqui

Deixe seu comentário


Apoiadores
Siga a Última Instância