NOITE DE AUTÓGRAFOS
Livros discutem o “futuro do direito do trabalho”
Mariana Ghirello - 15/09/2011 - 16h34

“Temas atualíssimos que acenam o futuro do direito do trabalho”. Assim o professor de direito do trabalho Nelson Mannrich (USP) definiu a coleção de livros trabalhistas lançada pela editora LTR 75 na terça-feira (13/9), na Livraria Cultura, em São Paulo. O evento foi prestigiado por estudantes, advogados, juízes e especialistas na área. Para ele, um dos maiores desafios atuais para a Justiça do Trabalho é o teletrabalho. E as negociações coletivas são o “futuro”.

Foto: Cristovão Bernardo
Autores no lançamento na Livraria Cultura

O professor de direito do trabalho da USP Cássio Mesquita Barros, autor do livro Perspectivas do direito do trabalho no Mercosul, foi o mais requisitado na noite de autógrafos. Ele dividiu a mesa com mais três especialistas de peso, que também lançaram suas obras.

Gerente jurídica da Braskem, a advogada Cristiana Lapa Wanderley Sarcedo é autora da obra Representatividade sindical e negociação coletiva, Nádia Demoliner Lacerda lançou Segurança e saúde do trabalhador e Márcia Regina Pozelli Hernandez apresentou a publicação Novas perspectivas das relações de trabalho: o teletrabalho.

Mesquita Barros é uma referência no assunto tratado em seu livro, a questão do direito do trabalho nos países do Mercosul. Na obra, ele busca identificar as perspectivas da área avaliando a convergência e a harmonização (ou não) da legislação dos países integrantes do bloco regional.

A presidente do Iasp (Instituto dos Advogados de São Paulo), Ivette Senise, também foi ao lançamento do colega de Faculdade de Direito da USP. “Cássio foi diretor da Faculdade [Largo São Francisco]”, disse. A professora de direito penal da USP, e amiga do professor, lembra que ele é reconhecido mundialmente por sua atuação na OIT (Organização Internacional do Trabalho).

Também estiveram presentes no lançamento, entre outros, o ex-governador de São Paulo, Cláudio Lembo, o ex-presidente do ex-presidente do TRT-2 (Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região), Floriano Corrêa Vaz da Silva, a juíza Candy Florencio Thomé, e o advogado Celso Cintra Mori, do escritório Pinheiro Neto.

Deixe seu comentário


Apoiadores
Siga a Última Instância