POLÍCIA MILITAR
Polícia Civil localiza adolescente que testemunhou morte de jovem pela PM no Rio
Divisão de Homicídios carioca diz que o caso está esclarecido; PMs só falarão em juízo
Agência Brasil - 24/07/2014 - 10h50

A Polícia Civil do Rio de Janeiro localizou nesta quarta-feira (23/7) o adolescente que foi testemunha da morte de Matheus Alves dos Santos, 14 anos, e da tentativa de homicídio de outro jovem de 15 anos, que foi baleado, mas sobreviveu. Os dois rapazes foram vítimas de dois policiais militares.

Os três garotos haviam sido capturados nas imediações do camelódromo da Rua Uruguaiana, no centro da cidade, pelos PMs Fábio Magalhães Ferreira e Vinícius Lima Vieira, no dia 11 de junho, e levados para o Morro do Sumaré, na Floresta da Tijuca, onde os crimes ocorreram.

O delegado Rivaldo Barbosa, da DH (Divisão de Homicídios), contou que o jovem confirmou o que as imagens das câmeras da viatura já haviam mostrado. De acordo com o relato do adolescente, ele só foi liberado pelos PMs porque provou que trabalhava no camelódromo.

Mesmo sem conhecer a motivação que levou os PMs a cometer os crimes, Rivaldo disse que o inquérito está encerrado. "Para a Divisão de Homicídios, não resta qualquer dúvida que o caso está esclarecido e a gente bota um ponto final". O delegado desistiu de ouvir novamente os PMs, o que estava previsto para a próxima sexta-feira (25).  Eles estiveram na terça (22) na DH, mas disseram que só falariam em juízo.

De acordo com o delegado, o adolescente está muito assustado e poderá ser encaminhado a um programa de proteção à testemunha.

Deixe seu comentário


Apoiadores
Siga a Última Instância